MERCEDES-BENZ EQ LOUNGE

“O caminho para a sustentabilidade também começa nas marcas”

Foi no passado dia 14 de outubro, pelas 11h30, que se conversou sobre sustentabilidade e o papel das marcas nesse sentido. A distinção foi para a Mercedes-Benz.

A sustentabilidade está na ordem do dia. A urgência de se lutar por um planeta no futuro é maior do que nunca e muito se tem feito, e falado, para que isso aconteça. A mudança começa nas mais pequenas coisas e todos os gestos contam. A começar pelas marcas.

A preocupação de algumas marcas em tornarem-se cada vez mais sustentáveis tem sido uma constante e um exemplo disso mesmo é o caminho que tem sido traçado pela Mercedes-Benz. Desenvolver soluções de mobilidade sustentáveis, reduzir as emissões de CO2, conservar recursos, reutilizar materiais e investir em tecnologia sustentável e que contribua para uma condução mais segura são alguns dos objetivos que a marca tem definidos e pelos quais luta todos os dias. Depois da sua nova gama de modelos Plug-in Hybrid, o caminho da sustentabilidade já se estende até à arquitetura. O Mercedes-Benz EQ Lounge foi construído junto das ondas da Nazaré e veio reforçar o posicionamento da marca na terra das ondas gigantes – que já dura há mais de 10 anos -, ao mesmo tempo que reforça os valores de sustentabilidade impostos pela mesma. O espaço foi construído com materiais reciclados, provenientes da região e foi pensado ao pormenor para ter o menor impacto possível no ambiente. No fundo, a palavra sustentabilidade está no topo da lista de prioridades da marca e esteve também no centro da conversa que teve lugar neste mesmo espaço no dia 14 de outubro.

Contou com a presença de Jorge Aguiar, Diretor de Marketing e Comunicação da Mercedes-Benz Portugal, Carlos Jesus, CEO Zeev, Garret MacNamara, Embaixador da Mercedes-Benz desde 2012, Lino, Gestor de Obra do Mercedes-Benz EQ Lounge e Rodrigo Rufino, Arquiteto. A conversa foi moderada pela Jornalista Joana Petiz e teve como temas centrais a sustentabilidade associada à marca, todo o caminho desenvolvido até então nesse sentido e claro, como não poderia deixar de ser, toda a história associada ao Lounge. Desde os materiais à própria construção. No fundo, foi discutido o papel das marcas no caminho da sustentabilidade, desde a arquitetura à indústria automóvel. O caminho ainda é longo, mas os primeiros passos já foram dados!